Translate

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

RECUPERAÇÃO PARA AS TURMAS DO SF (22, 23, 31, 32 E 33)

CONTEÚDOS: TURMAS 22 E 23
Prof. Gilvan Teixeira
blog: profgilvanteixeira.blogspot.com.br


Capítulo 13: Urbanização brasileira;
Capítulo 15: A morada humana;
Capítulo 16: A população mundial.

ATIVIDADE PARA TURMAS 22 E 23

Responder, de forma manuscrita, o questionário a seguir. As perguntas, com as respectivas respostas, deverão ser entregues em folha padrão da Escola. A aula anterior à Prova deverá ser usada para fazer a presente Atividade. Esta será individual e valerá até 1,0 (um) ponto. Deverá ser entregue no dia e horário da Prova de Recuperação em Geografia, diretamente ao Professor.

01. Elaborar uma “linha do tempo” da história do Brasil, buscando identificar as principais atividades econômicas de cada época e estabelecendo relação com o processo de urbanização.
02. Identificar as principais causas e consequências do processo de urbanização no Brasil.
03. Identificar as principais causas e consequências da ocupação irregular do solo urbano no Brasil.
04. O que são “aglomerados subnormais”? Exemplifique.
05. Explique o chamado Círculo Vicioso da Pobreza, destacando a importância da educação na superação do mesmo.
06. O que é uma “região geográfica”? Podemos afirmar que é mutável? Justifique.
07. Como podemos regionalizar o Brasil sob duas óticas: a de Milton Santos e a do IBGE? Diferencie-as. Qual é a mais interessante no teu ponto de vista? Por quê?
08. Podemos afirmar que a humanidade está “involuindo”? Justifique a resposta.
09. Explique a “consciência reflexiva” e sua importância para a história da humanidade.
10. Diferencie as organizações ambientalistas “governamentais”, “intergovernamentais” e “não-governamentais”, exemplificando.
11. Diferencie os movimentos ambientalistas “conservacionista” e “preservacionista”:
12. O que é a “economia verde”?
13. Somos um país de “equidade social”? Justifique a resposta.
14. Conceitue:
a) população absoluta;
b) população relativa;
c) taxa de natalidade;
d) taxa de mortalidade;
e) crescimento vegetativo;
f) taxa geométrica de crescimento populacional;
g) taxa de fecundidade;
h) taxa de reposição;
i) expectativa de vida;
j) média de vida;
k) pirâmide etária.
15. Explique a chamada “teoria malthusiana”. Concordas com ela? Justifique.
16. O que são “minorias” sociais? Exemplifique.
17. Diferencie “imigração” e “emigração”:


CONTEÚDOS: TURMAS 31, 32 E 33
Prof. Gilvan Teixeira
blog: profgilvanteixeira.blogspot.com.br

Economia;
Globalização e movimentos migratórios;
O trabalho no Brasil;
O Estado e a distribuição de renda;
Composição etária e impactos sociais.

ATIVIDADE PARA TURMAS 31, 32 E 33
Responder, de forma manuscrita, o questionário a seguir. As perguntas, com as respectivas respostas, deverão ser entregues em folha padrão da Escola. A aula anterior à Prova deverá ser usada para fazer a presente Atividade. Esta será individual e valerá até 1,0 (um) ponto. Deverá ser entregue no dia e horário da Prova de Recuperação em Geografia, diretamente ao Professor.
01. Caracterize e exemplifique os aspectos “temporal” e “espacial” da Economia.
02. Conceitue, diferencie e exemplifique os setores “primário”, “secundário” e “terciário” da economia.
03. Sob o ponto de vista econômico, como podemos classificar as ONGs? Justifique e exemplifique.
04. O que são “transnacionais”? Exemplifique e aponte aspectos positivos e negativos das mesmas.
05. Elabore um quadro comparativo entre as economias do Norte e do Sul.
06. Sob o ponto de vista econômico, como caracterizar o Brasil? Explique e exemplifique.
07. Aponte as principais causas e consequências relacionados aos movimentos migratórios internacionais. Exemplifique.
08. Conceitue, caracterize e exemplifique os movimentos migratórios abaixo:
a) êxodo rural;
b) movimento pendular;
c) movimento sazonal;
d) imigração;
e) emigração.
09. Diferencie “trabalho” e “emprego”.
10. Elabore uma linha do tempo do Brasil, identificando as principais fases e buscando estabelecer nelas as relações típicas de trabalho.
11. O que é a CLT? Comente sobre sua história e principais conquistas.
12. O que é a “flexibilização” das leis trabalhistas? Aponte argumentos favoráveis e contrários à mesma. Qual tua opinião?
13. Quais as principais formas de regionalização da Terra?
14. Diferencie, sob o ponto de vista social, os países do Norte e do Sul.
15. O que é o “IDH”? Aponte suas principais falhas.
16. Estabeleça a relação entre Estado (governo) e qualidade de vida. Dê exemplos.
17. Por que podemos afirmar que, historicamente, o Estado brasileiro é de “coerção”?
18.  Conceitue, caracterize e diferencie os termos a seguir:
a) populações “absoluta” e “relativa”;
b) taxas de “natalidade” e “mortalidade”;
c) “crescimento vegetativo” e “taxa geométrica de crescimento populacional”;
d) taxas de “fecundidade” e “reposição”;
e) “expectativa” e “média” de vida;

f) “bônus demográfico”.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

ATIVIDADE PARA AS TURMAS 31, 32 E 33



O "curta" cearense traz uma série de informações que foram trabalhadas ao longo do ano letivo. A partir do filme, procures observar:
a) aspectos físicos do lugar (clima, hidrografia, vegetação, relevo);
b) aspectos culturais (papel da mulher, por exemplo);
c) trabalho infantil;
d) Círculo Vicioso da Pobreza;
e) cidadania; etc..

Bom trabalho!

domingo, 19 de novembro de 2017

DICAS DE PROVA PARA TURMAS 22 E 23

Algumas verdades...
01. A atual fase da indústria não tem conseguido diminuir, significativamente, a distância entre os países do Norte e do Sul;
02. O IBAMA é exemplo de uma organização ambientalista governamental.
03. O crescimento vegetativo, apesar de não ser determinante, é um dado importante para o aumento ou diminuição populacional de um país.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

GABARITO DA PROVA (TURMAS 31, 32 E 33)



GABARITO PROVA (TURMAS 31, 32 E 33)
Prof. Gilvan
blog: profgilvanteixeira.blogspot.com.br

01. Leia as afirmações abaixo:
I- A teoria malthusiana, ao trazer à tela a questão populacional, equivocou-se, principalmente, no que tange ao crescimento da população mundial, crescimento este marcado pela estagnação, especialmente entre o advento da Revolução Industrial e meados do século passado.
II- No Brasil, apesar da expectativa e média de vida terem crescido no mesmo ritmo nas últimas décadas, ainda deixam a desejar comparado aos países do Norte.
III- A queda nas taxas de fecundidade é consequência, por exemplo, do maior acesso à informação e aos meios anticonceptivos, bem como do ingresso da mulher no mercado de trabalho, fatores estes dissociados do intenso processo de urbanização verificado nas últimas décadas.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) n.d.a.

02. Leia as afirmações abaixo:
I- A década de 1970 esteve marcada pelo intenso processo de urbanização, crescimento econômico, democratização do acesso da mulher ao mercado de trabalho e à sua intensa participação político-partidária, dando-lhe vez e voz.
II- O processo de industrialização ocorrido no Brasil contribuiu para o movimento migratório em direção ao Sudeste, aumentando sua população absoluta, ao contrário da relativa.
III – O Brasil pode ser considerado um país bastante populoso, mas pouco povoado, comparado ao Japão.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente II e III são verdadeiras..

03.. Leia as afirmações abaixo:
I- A taxa geométrica de crescimento populacional reflete não apenas o crescimento vegetativo, mas também os movimentos migratórios e a taxa de reposição. Esta última, à medida que aumenta, especialmente nos países do Sul, leva ao crescimento populacional.
II- A expectativa de vida da mulher brasileira, assim como sua média de vida, tem sido superior à do homem. Um dos fatores que vem contribuindo para esse quadro diz respeito à “cultura” de prevenção de doenças, mais comum ao universo feminino.
III- O chamado “bônus demográfico” do Brasil e do Japão guardam poucas semelhanças – como o mesmo período histórico – e muitas diferenças. Ao contrário do país asiático, não temos aproveitado o “bônus”, problema este associado à falta de políticas públicas eficazes voltadas à qualificação da mão-de-obra, por exemplo.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente I e III são verdadeiras.

04. Leia as afirmações a seguir:
I- A religião, ao longo da história da humanidade, por vezes foi usada como instrumento de dominação. Porém, também, em alguns casos, serviu como força propulsora para transformações sociais. 
II- O subdesenvolvimento da América, África e Ásia guarda profunda relação com o processo de colonização (exploração) imposto aqueles continentes, processo este ocorrido no mesmo período histórico e com características muito semelhantes.
III- A colonização europeia sobre a América está associada aos movimentos migratórios, onde, por exemplo, enquanto Portugal presenciava a emigração de sua gente, o Brasil assistia à imigração do povo lusitano. 
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente I e III são verdadeiras.

05. Leia as afirmações abaixo:
I- O extrativismo, em todas suas modalidades, insere-se no setor primário, setor este que, no Brasil, tem enorme importância econômica.
II- A economia tem como uma de suas características a “espacialidade”. Assim, por exemplo, algumas práticas que no exterior compõem a economia, no Brasil são ilícitas.
III- Enquanto o setor primário prepondera nos países do Sul, o secundário é mais acentuado no Norte. Quanto ao terciário, costuma ter destaque nos países onde a agropecuária é a principal atividade econômica.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente II e III são verdadeiras.

06. Observe a imagem abaixo:
Baseado na imagem ao lado e nas aulas de Geografia, é correto afirmar:
I- A imagem diz respeito ao movimento pendular, movimento migratório diário e muito comum nas regiões metropolitanas.
II- A imagem diz respeito ao movimento sazonal, movimento migratório marcado pela sazonalidade e muito comum nas regiões metropolitanas.
III- A imagem diz respeito ao Êxodo Rural, movimento migratório exemplificado pelos chamados boias-frias.
Quanto às afirmações abaixo:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente II e III são verdadeiras;
e) n.d.a

07. Observe a imagem abaixo:
Baseado na imagem ao lado e nas aulas de Geografia, é correto afirmar:
I- A imagem reflete, sobretudo, o conceito de “crescimento vegetativo”, crescimento este mais comumente “positivo” nos países europeus do que nos africanos.
II- A imagem reflete, sobretudo, o conceito de “taxa geométrica de crescimento populacional”, taxa esta que tem aumentado em alguns países europeus em decorrência, por exemplo, das imigrações.
III- A imagem reflete, sobretudo, o conceito de crescimento vegetativo negativo, realidade esta mais comum nos países do sul da Europa, onde os movimentos imigratórios são menos acentuados.
Quanto às afirmações abaixo:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente II e III são verdadeiras;
e) somente I e III são verdadeiras.

08. Leia as afirmações abaixo:
I- O processo de abolição da escravidão no Brasil mostrou-se “autônomo” (sem influência externa) e avesso aos interesses europeus, especialmente aqueles com maior grau de industrialização.
II- A escravidão no Brasil, assim como a servidão medieval, via o negro como um sujeito de poucos direitos, situação esta que perdurou durante todo os períodos Colonial, Monárquico e Republicano (República Velha).
III- A escravidão segue existindo no Brasil, presente nas áreas urbana e rural, em que pese sua criminalização.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente II e III são verdadeiras.

09. Observe a imagem abaixo:
Baseado na imagem ao lado e nas aulas de Geografia, é correto afirmar:
I- A chamada Reforma Trabalhista veio, segundo seus defensores, para sanar, principalmente, o problema do “câmbio” e da “energia”.
II- No “Custo Brasil”, a CLT, segundo seus críticos, contribui, principalmente, nos “encargos trabalhistas”.
III-O “Custo Brasil” tem prejudicado o crescimento econômico do Brasil.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) somente II e III são verdadeiras.

10. Leia as afirmações a seguir:
I- Governos totalitários e/ou antidemocráticos também estiveram marcados por avanços socioeconômicos. Exemplo disso foram os governos de Vargas (1930-1945 e 1951-1954) e da Ditadura Militar (1964-1985).
II- Crescimento econômico não é sinônimo de desenvolvimento social. Exemplo disso foi a Ditadura Militar (1964-1985), onde – durante a década de 1970 – o PIB do país cresceu de forma significativa, mas o fosso da desigualdade social se agravou.
III- A “democracia” no Brasil (a partir de 1985), apesar dos inegáveis avanços, segue marcada pela profunda exclusão social, onde o privilégio de poucos contrasta com a precariedade nas áreas da saúde, educação e segurança públicas.
Quanto às afirmações acima:
a) somente a I é verdadeira;
b) somente a II é verdadeira;
c) somente a III é verdadeira;
d) somente I e II são verdadeiras;
e) n.d.a.


Boa Prova. Estude bastante. Sejamos felizes!!!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

ATIVIDADE PARA AS TURMAS DO ENSINO MÉDIO SF

Tudo bem? Assista o vídeo a seguir e:
I- Forme grupos de 04 (quatro) alunos, onde será escolhido um "redator" e um "relator";
II- Responda:
a) Por que, sob o ponto de vista do grupo, as cidades na América Latina crescem de forma "horizontal"? Quais são as consequências desse tipo de crescimento?
b) O que seria uma "cidade compacta"? Aponte algumas características e vantagens:
c) Compare o caso do "Portal da Amazônia", em Belém/PA, e a "revitalização do Cais do Porto", na capital gaúcha:
d) O que é a "cidade neoliberal", segundo o vídeo? Aponte características e consequências:
e) Pesquise sobre as "invasões" em Porto Alegre e/ou Região Metropolitana, observando:
* local;
* causas;
* consequências.
f) Qual é o papel do Poder Público na Reforma Urbana, segundo o vídeo? O grupo concorda? Justifique:
g) Como seria a cidade "ideal", segundo o grupo?
A presente Atividade valerá até 1,5 (um ponto e meio), assim distribuídos:
* 0,5 - organização;
* 0,5 - participação individual;
* 0,5 - apresentação.
Bom Trabalho!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

DISCURSO DE FORMATURA DOS JUÍZES DO TRIBUNAL DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, SECCIONAL GRAVATAÍ/RS



DISCURSO DE FORMATURA
Gilvan Teixeira
Boa tarde.

            Cumprimento o Professor Paulo Conceição, representando o Tribunal de Mediação e Arbitragem do Estado do Rio Grande do Sul, e, ao fazê-lo, cumprimento toda mesa, convidados e, de forma muito especial, meus queridos colegas. Nossa jornada, da inscrição no Curso à presente Formatura, apesar de não muito longa, como que espelhou a própria vida, com intempéries, dúvidas, embates e, por que não dizer, desconfianças. Apesar disso, ou quem sabe “por isso” – dizem que é em meio ao mar encapelado que nos tornamos melhores – seguimos, teimosamente, em frente, fazendo valer a crença na capacidade do ser humano de transformar a realidade, por mais dura e opaca que possa parecer. Não por acaso, optamos pela nobre tarefa de sermos arautos e, sobretudo, operadores da mediação como forma de dirimir conflitos, opção esta assentada no diálogo e confiança entre as partes, pressupostos indispensáveis para a construção de saídas capazes não apenas de desafogarem o Judiciário, mas, sobretudo, de fortalecerem a teia social por meio de um instrumento de justiça marcado pela celeridade e grande probabilidade de sucesso.

            Ao optarmos pela atuação como juízes mediadores revelamos a intenção de auscultarmos as partes, despojados de ranços e preconceitos. A nobre função, revestida de imensurável responsabilidade, exigirá de cada um de nós competência, equilíbrio, sobriedade, ética, ponderação, respeito ao ordenamento jurídico, bem como estudo e muita organização. Exigirá, ainda, uma constante e sólida parceria, virtuosa cumplicidade e trabalho colaborativo. Eventuais antipatias, dissabores, implicâncias e animosidades precisam ser trabalhadas e transformadas em força propulsora, convergindo para o interesse coletivo e qualificação de nosso trabalho. Quem ganha com isso? Todos! Ganham o TMA e sua seccional. Ganha, sobretudo, o município de Gravataí ao poder contar com um Tribunal mais “humanizado”, acolhedor e sensível às demandas existentes.

            Não poderia encerrar esta singela fala sem elogiar meus colegas. Apesar das inúmeras dificuldades, desencontros e algumas frustrações, não titubeamos. Seguimos em direção ao norte por nós estabelecido, qual seja, o de sermos, de fato e de direito, juízes mediadores. Para isso, contamos com o apoio incondicional de nossos familiares. Por isso, obrigado. Agradecemos, ainda, à Escola Técnica Sul Ensino, instituição que nos acolheu durante toda formação e ofereceu seu espaço para instalação do TMA-Seccional Gravataí. Nosso reconhecimento aos professores Paulo e Elisabete que, competente e pacientemente, nos deram o embasamento teórico necessário. Nossa deferência, ainda, aos colegas da turma anterior pelo apoio, companheirismo e sementes lançadas no caminho.

            Finalmente, desejo muitas bênçãos e sucesso a nós, formandos nesta tarde. Façamos do Tribunal de Mediação e Arbitragem, Seccional Gravataí, uma exemplar ferramenta para solução de conflitos, ferramenta esta que deve representar uma mudança de paradigma, de forma a superarmos a cultura da judicialização tradicional, notoriamente incapaz de dar à sociedade as respostas esperadas. Parabéns!

domingo, 1 de outubro de 2017

ATENÇÃO: CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES (TERCEIRO TRIMESTRE)



AVALIAÇÕES DE GEOGRAFIA (TERCEIRO TRIMESTRE)
Prof. Gilvan
blog: profgilvanteixeira.blogspot.com.br

TURMA
PROVA
RECUPERAÇÃO
TRABALHO
22
13/11
20/11
30/10
23
13/11
20/11
30/10
31
13/11
20/11
30/10
32
13/11
20/11
30/10
33
13/11
20/11
30/10